Data de Hoje
23 October 2021
Itália autoriza mulher a adotar filha biológica de parceira/ Foto: Reprodução

Itália autoriza mulher a adotar filha biológica de parceira

A Corte de Apelo de Roma confirmou uma sentença emitida há um ano pelo Tribunal de Menores de Roma que autorizava um casal homossexual a adotar uma criança no modelo “stepchild adoption”, a primeira decisão do tipo na Itália.

Em agosto de 2014, o tribunal tinha reconhecido a adoção da menina, que é filha biológica de uma das mulheres que formam o casal. A decisão recai sobre a adoção, por parte da outra companheira, referente à menina.

O casal, que vive em Roma desde 2003, teve a criança no exterior com uma técnica de reprodução assistida. “A sentença confirma que, na Itália, se é possível adotar o filho de um parceiro em uma relação homossexual”, comentou a advogada Maria Antonia Pili, que atende o casal.

Revista: Brasileiros

Facebook Comments