Data de Hoje
26 September 2021
Foto reprodução

Jatinho de Neymar é de empresa investigada pelo MPF do Pará

O avião de Neymar, que está bloqueado pela 7ª Justiça Federal, pertence à SFG Aircraft, empresa norte-americana que sofre uma investigação pelo Ministério Público Federal do Pará (MPF-PA) devido a um contrato simulado com uma operadora aérea paraense. A informação é do blog Panorama Esportivo, do jornal O Globo. A certidão de propriedade da aeronave não tem nome de nenhuma pessoa ligada ao jogador. Segundo fontes da Receita Federal, a ausência de menção a eles pode se tratar de uma manobra para sonegação de impostos.

Os donos da empresa paraense foram denunciados pelo MPF-PA, acusados de crimes contra o sistema financeiro nacional e pela sonegação de pelo menos R$ 683 mil em impostos. O caso está no TRF-1. A tese é de que, no caso de Neymar, possa haver uma simulação contratual semelhante com a SFG, para sonegação fiscal.

‘A aeronave foi objeto de arrolamento no processo judicial (ação cautelar fiscal)  em trâmite na 7ª Vara Federal de Santos. As informações constantes no arrolamento sobre a aeronave são muito superficiais. Existe também informação da Neymar Sport e Marketing S/S Ltda. – ME, por intermédio de seus advogados, de que a referida aeronave, objeto de leasing com o First Bank, já foi vendida. A procuradoria requereu expressamente a indisponibilidade da aeronave’ diz um procurador da Fazenda para O Globo.

Em nota, a assessoria de imprensa do craque do Barcelona informa que ‘o atleta Neymar Jr. e as empresas NR Sports e N&N Consultoria repudiam o vazamento das informações contidas em processo sigiloso e reforçam a posição, já defendida publicamente, de que recolheram devidamente os impostos. Informam ainda, que  o seu patrimônio será mantido, preservado e incrementado até a solução definitiva do caso’.

Yahoo
Facebook Comments