Data de Hoje
29 November 2021

João Andrade Neto é condenado mais uma vez por injúria e difamação

João Andrade Neto é condenado mais uma vez por injúria e difamação

O proprietário do extinto site Pura Política, o ex-blogueiro João Andrade Neto, foi condenado mais uma vez pela Justiça baiana. Desta vez, a oito meses e dez dias de detenção, pela juíza Leonildes Bispo dos Santos Silva, do 1º Juizado Especial Criminal. A ação foi movida pelo sócio-diretor do Bahia Notícias Ricardo Luzbel, que contratou o advogado criminalista Gamil Foppel para ingressar com uma queixa-crime após sucessivos insultos difamatórios. O TJ-BA determinou que a pena fosse cumprida em regime aberto, mas, já que o réu preenche alguns requisitos, a punição foi substituída por prestação de serviços à comunidade. Andrade Neto terá uma hora de tarefas diárias gratuitas, por dia de condenação, a serem desenvolvidas junto a uma entidade de assistência social. Na sentença, o réu ainda foi condenado ao pagamento das custas processuais. Em março deste ano, o ex-blogueiro pegou oito anos e dez meses de prisão, pelo crime de extorsão. Segundo o processo, movido pelo Ministério Público da Bahia, em 2010, o dono do site Pura Política procurou as vítimas com a alegação de que possuía informações que lhes seriam prejudiciais para fazer chantagens.

Facebook Comments