Data de Hoje
1 December 2021

Jovem baiano é morto na Suíça enquanto visitava a mãe

Um jovem baiano de 20 anos foi morto em Genebra, na Suíça, vítima de disparo de arma de fogo quando visita a mãe no domingo (2). Segundo informações do pai da vítima, Anderson Brandão, as investigações iniciais da polícia suíça apontam que um amigo manuseava a arma e o tiro foi acidental. Ele ainda espera a liberação do corpo de Thomas Oliveira, morador de Itabuna, sul do estado, nesta quarta-feira (5) para realizar o sepultamento no Brasil.

Ainda de acordo com o pai do jovem,  ele havia saído no domingo com um grupo de colegas que estudou na infância. Eles teriam ido para a casa de um amigo de Thomas que dividia apartamento com uma pessoa que já serviu ao Exército suíço. Brandão revelou que o filho nunca se interessou por armas e que é comum os suíços terem armas em casa. Os dois aproveitaram a ausência do dono para mexer e nesse momento aconteceu o disparo.

O jovem pretendia estudar para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e tentar entrar em uma faculdade de Arquitetura. Thomas morou dos 10 aos 18 anos na Suíça e atualmente morava com a avó, em uma casa próximo a do pai na cidade baiana.

O pai resolveu fazer uma campanha por meio de grupos em redes sociais para custear o translado do corpo do filho para o Brasil. A tia do jovem, que está na Suíça, informou que a família precise gastar cerca 6,3 mil francos suíços, o equivalente a R$ 22.247.

Anderson afirmou que a principal preocupação da família é com a liberação do corpo do jovem pela polícia suíça. Eles foram informados que a demora é comum porque precisa da conclusão investigação criminal.

Facebook Comments