Data de Hoje
18 September 2021
Corpo da vítima foi encontrado abandonado em uma rua, dentro de dois sacos plásticos (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Jovem é torturado até a morte por amigos que estavam tentando transformá-lo em um vampiro

Edwin Juarez Palma morreu depois de ser estrangulado, espancado e ter seu pescoço cortado

A polícia prendeu esta semana três jovens acusados de assassinar um amigo no México. De acordo com informações do Daily Mail, ele morreu durante um ritual cujo objetivo era transformá-lo em um vampiro.

A cerimônia aconteceu em um cyber café chamado Anormal Shop — próximo ao edifício do Congresso Regional em Chihuahua, no norte do país.

Edwin Juarez Palma, de 24 anos, morreu depois de ser estrangulado, espancado e ter seu pescoço cortado com uma garrafa quebrada.

Dentre os detidos acusados de participar do crime estão uma estudante de 18 anos de idade, identificada como Iveth Lopez, e os jovens Gustavo Dorantes, também de 18 anos, e Omar Sanchez, de 25. Eles podem pegar até 40 anos de prisão se forem considerados culpados.

Uma quarta pessoa, descrita pela polícia como o líder da seita, está foragida.

De acordo com as autoridades, o jovem funcionário de restaurante, conhecido como Piwa pelos amigos, foi morto depois de ser convencido a participar de uma cerimônia de iniciação para entrar em uma seita chamada filhos de Baphomet 1.

No entanto, ele foi torturado depois de ter as mãos amarradas atrás das costas, após um dos assassinos convencer os outros de que o jovem deveria ser sacrificado para que pudesse ressuscitar como um vampiro.

O corpo da vítima foi encontrado abandonado em uma rua, dentro de dois sacos plásticos. Segundo as autoridades, o descarte do corpo teria sido uma tentativa de confundir a polícia e fazer com que os policiais pensassem se tratar de um crime relacionado ao tráfico de drogas.

Os policiais encontraram vestígios de sangue da vítima dentro do cyber café. O assassinato teria ocorrido de madrugada, no interior dos banheiros do local.

Por R7
Facebook Comments