Data de Hoje
21 February 2024
Jovem que acusou o deputado Feliciano passa de vítima a investigada em São Paulo / Foto: Montagem Click Notícias

Jovem que acusou o deputado Feliciano passa de vítima a investigada em São Paulo

De acordo com o Jornal O Globo, a investigação sobre a acusação de ameaça e cárcere privado denunciada pela ex-militante do PSC Patrícia Lelis, de 22 anos, contra o chefe de gabinete do deputado Marco Feliciano (PSC), Talma Bauer, sofreu uma mudança nesta última quarta-feira em São Paulo.

A publicação relata ainda que a jovem inicialmente rotulada como vítima, passou a ser uma das investigadas no inquérito em apuração no 3º Distrito Policial na capital paulista. Patrícia acusa Feliciano de tentativa de estupro.

Relembre o momento em que o deputado foi acusado, onde contém prints de conversas e o relato da suposta vítima. Clique Aqui!

A estudante reafirmou a acusação em uma entrevista coletiva na última segunda-feira (8), relembre o caso. Clique Aqui!

Ainda segundo o jornal, o delegado Luís Roberto Hellmeister, responsável pelo caso, afirmou no início da noite desta última quarta-feira (10) ter material para provar que os crimes denunciados por Patrícia na última sexta-feira não ocorreram. Segundo ele, a polícia reuniu vídeos que comprovariam que Patrícia circulou pela cidade nos dias que antecederam a denúncia, na última sexta-feira, o que desqualificaria a acusação que ela fez contra o assessor de Feliciano de mantê-la em cárcere privado em São Paulo. Ela também teria se encontrado com Bauer num hotel, e imagens revelariam um clima cordial entre ambos.

Por Click Notícias