Data de Hoje
15 April 2021

Lauro de Freitas: presos mais dois envolvidos em morte de estudante

Um dos presos foi baleado, mas fugiu depois de ter alta

Mais um suspeito de participar da troca de tiros que vitimou a jovem Daniele Rebeca Santana Magalhães, 18 anos, em Lauro de Freitas, no último dia 22, foi preso no domingo (30) pela Polícia Civil. Edson da Silva Rocha, 29 anos, foi preso em Conceição do Coité por policiais da 23ª Delegacia. O irmão dele, André Luiz Rocha da Silva, 27 anos, foi preso mesmo sem estar diretamente envolvido no tiroteio, por ser o dono da arma do crime, um revólver calibre 38.

Os dois suspeitos e mais Rodrigo da Silva Lima, o Rodrigo Naia, preso na sexta, serão apresentados pela Polícia Civil nesta terça-feira (1º). Além da arma, com os irmãos foram apreendidos maconha, balança de precisão e embalagem para drogas.

Segundo as investigações da polícia, Rodrigo e Edson eram inimigos. O segundo teria resolvido atacar Rodrigo Naia, dando início ao tiroteio. Daniele, que passava de moto com o noivo Lucas da Silva Santos, foi atingida por uma bala perdida e morreu. O noivo também ficou ferido.

Edson foi baleado no rosto e chegou a ser socorrido para o Hospital Geral Menandro de Farias, de onde teve alta no mesmo dia. Ele deu entrevista ao CORREIO na ocasião, dizendo ser vítima do tiroteio. Ele afirmou que os disparos partiram de uma dupla de bandidos que estava em uma moto e passou atirando a esmo na avenida. “Eu tinha saído para comprar pão. Quando vi, foi só o barulho e corri. Quando passei a mão no pescoço e vi o sangue, foi que eu percebi que havia sido atingido”, contou ao CORREIO.

Bala perdida

Daniele foi morta durante tiroteio no início da noite do último sábado (22), no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 18h, na Avenida Amarílio Thiago dos Santos, próximo ao correio, na Vila Praiana.

Por: Correio

Facebook Comments