Data de Hoje
20 September 2021

Lavar as mãos pode evitar uma série de doenças

Além do Dia das Crianças, o mês de outubro também comemora um dia ainda mais importante para os pequenos: o Dia Mundial de Lavar as Mãos. Celebrada no dia 15 de outubro, a data visa conscientizar a população para o hábito de lavar as mãos e, assim, erradicar doenças causadas pela falta de higiene.

Segundo a Unicef, no Brasil, 14% das crianças menores de cinco anos morrem de doenças diarreicas e infecções respiratórias. Boa parte dessas mortes poderia ser evitada com dois ingredientes simples: água e sabão. A lavagem das mãos com sabonete pode reduzir infecções diarreicas em até 40% e, em quase 25% os casos de infecções respiratórias. Para isso, a lavagem deve ser feita no mínimo, em cinco momentos-chave do dia-a-dia: antes do café da manhã, do almoço e do jantar, logo após usar o banheiro e ao chegar em casa.

De acordo com pesquisa da Pastoral da Criança, de modo geral, as pessoas sabem que lavar as mãos após usar o banheiro, antes das refeições ou ao chegar em casa evita doenças. Mas confessam que não lavam com frequência e nem insistem para que as crianças lavem.

Infectologista do Hospital Caxias D’Or, Marcelo Gonçalves lembra que o hábito de lavar as mãos é de grande importância para adultos e, especialmente, para a proteção das crianças. “Essa medida evita uma série de doenças parasitárias intestinais e a transmissão de micro-organismos responsáveis por parenterites e conjuntivites.  As crianças, de forma geral, são mais suscetíveis às gastroenterites, por isso é muito importante manter suas mãozinhas limpas”, alerta o médico.

Mãos contaminadas podem provocar diarreias, vômitos e doenças como gripes, resfriados, hepatites e alguns tipos de meningite. Além da contaminação em casa, a transmissão pode afetar muitas pessoas rapidamente em creches, escolas, escritórios e locais públicos. Os germes são transmitidos para os outros pelo toque direto ou de objetos contaminados que entram em contato com olhos, nariz ou boca.

Mas lavar as mãos não é simplesmente colocá-las embaixo d’água. É necessário esfregá-las com sabão, cuidado e atenção a cada pedacinho, desde a palma até entre os dedos. “É importante as pessoas saberem que lavar as mãos tem que ser como escovar os dentes: assim como os dentes têm várias faces que precisam ser limpas de todos os ângulos, as mãos também têm vários detalhes e precisam ser limpas em todos os cantos”, explica Gonçalves.

Para ajudar adultos e crianças a aprenderem a maneira mais eficiente de lavar as mãos, o infectologista ensina um breve passo a passo:

Umedeça as mãos com água corrente;

Coloque sabonete em quantidade suficiente em ambas as mãos;

Ensaboe as palmas das mãos, esfregando-as entre si;

Esfregue a palma de uma das mãos contra o dorso da outra mão e vice-versa;

Esfregue todos os dedos, entrelaçando-os e esfregando o espaço entre eles;

Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da outra mão e vice-versa;

Esfregue um polegar com a palma da outra mão e vice-versa;

Esfregue a palma de uma mão com os dedos e as unhas da outra mão fechada e vice-versa;

Enxague bem as mãos evitando tocar na torneira;

Caso esteja em um ambiente público, utilize a mesma toalha de papel que usou para secar as mãos para fechar a torneira.

Fonte: Jornal do Brasil

Facebook Comments