Data de Hoje
14 June 2021

Libertados familiares da subgerente de banco

A mãe e o irmão da subgerente do Banco do Brasil, da cidade de Catu, mantidos reféns por quatro assaltantes armados, desde a tarde de quarta-feira (2), e trazidos para Salvador nesta quinta-feira (3), já retornaram para casa. Eles foram liberados ilesos no bairro de Patamares e, logo, mãe e filho entraram em contato com familiares para informar a localização.

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e da Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública (SSP) foram contactadas e se dirigiram ao bairro a fim resgatá-los e conduzi-los de volta a Alagoinhas, onde residem.

No final da tarde de quarta-feira (2), os quatro assaltantes invadiram a casa da subgerente renderam sua mãe, o irmão e uma bancária, que chegara naquele instante para visitar a família. Os ladrões ordenaram que ela pegasse todo o dinheiro do cofre da agência onde trabalha e, se não obedecesse, os reféns seriam mortos. Os ladrões não usavam máscaras, obrigando o grupo a manter as cabeças abaixadas.

Já na manhã desta quinta-feira (3), o fato de a subgerente ir mais cedo até a agência despertou a atenção dos seguranças, que, desconfiados de algo errado, fizeram contato com o Draco. O departamento informou à 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Alagoinhas) para enviar uma equipe até a residência da família. Também foi solicitado que policiais da Delegacia Territorial  de Catu e da 95ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) fossem até agência.

Ao perceberem que seu plano poderia ser frustrado, os ladrões obrigaram mãe e filho a cobrirem os rostos com casacos e entrarem no veículo que os trouxe para Salvador. As vítimas não puderam fornecer nenhuma característica física dos bandidos e nem do veículo.

Facebook Comments