Data de Hoje
5 August 2021

Lojistas preveem Dia dos Namorados sem lucro em Salvador

dia-dos-namorados

Mal passou o Dia das Mães e o comércio já se prepara para as possíveis vendas do Dia dos Namorados. A movimentação é para tentar reverter às baixas vendas do setor na última data comemorativa.

Os shoppings, grandes centros comerciais, estão investindo em promoções que sejam capazes de fisgar os clientes. O shopping Center Lapa preparou uma campanha especial. Com slogan Declare o seu amor, Dê presente Center Lapa, a ação que acontecerá por meio de um concurso cultural, irá presentear um cliente com um par de alianças 18k. Para participar, os interessados devem se dirigir ao balcão do Center Lapa Club, localizado no 3º piso do shopping, e preencher uma ficha com dados pessoais e uma declaração de amor com até cinco linhas. A frase mais apaixonada vai ganhar o par de alianças.

Já o shopping Barra, está investindo em descontos e em possibilidades de grandes prêmios caso o cliente gaste certa quantia no local. Serão sorteados cerca de 20 frigobares retrô, nas cores vermelha e amarela, recheados com um kit VeuveClicquot cada.  A cada R$ 300 reais em compras o cliente ganha um cupom. Além disso,a 3º edição da campanha Barra Friday, já acontece nessa sexta (5), e  oferece descontos de até 70%. As duas campanhas estão interligadas, as compras realizadas no Barra Friday dessa sexta, valerão em dobro para a campanha de Dia dos Namorados.

No Shopping da Bahia a promoção “Seu Amor Vale Muito” vai sortear 10 vales-compras no valor de R$ 20 mil, cada, que poderão ser gastos como quiser nas lojas do estabelecimento. Para concorrer,os clientes tem que juntar R$ 150,00 em notas fiscais de compras feitas no local e trocar por cupons da promoção em pontos de troca situados no centro de compras.

Apesar da animação dos shoppings, a expectativa de lucro do Sindicato dos Lojistas(Sindlojas) é de 0%. “Eu não falo de lucro. Já vai ser muito se conseguirmos cobrir os custos fixos da empresa, como luz, água, salários dos funcionários, pensar em lucro é muito otimismo,” contou o presidente do Sindlojas, Paulo Motta. Segundo ele, esse será um dia dos namorados de lembrancinhas. “Nossa expectativa é o mais tímida possível, o comercio continua sofrendo com a situação econômica do país. Isso tem inibido as pessoas a consumirem bens duráveis. Esse será um Dia dos Namorados e um São João de lembrancinhas,” disse.

O presidente do Sindlojas parece estar certo. Segundo pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do SPC Brasil, 52,4% dos consumidores pretendem gastar menos este ano para presentear a cara-metade. As principais justificativas são o desemprego (25,8%) e o endividamento (24,9%).

A advogada, Jessica Souza, faz parte do grupo dos que não vão dar presentes no dia 12. “Estou desempregada, estudando para concurso público, então esse ano não vai ter presente, mas vai ter amor, que pra mim é o mais importante. Essa época os shoppings aproveitam para subir os preços das coisas que em datas normais não custam nem metade. Mesmo que eu resolva dar uma lembrancinha, será depois da data,” revelou Souza.

Por: Chayenne Guerreiro / Tribuna da Bahia

Facebook Comments