Data de Hoje
4 December 2021

Mãe explica como envenenou filha em Eunápolis

Daniela disse que o crime foi motivado pelo abandono do marido

Daniela Albertina Santos, de 19 anos, presa na cidade de Eunápolis após envenenar a própria filha, de 1 ano e oito meses, explicou como realizou o procedimento, colocando veneno de rato na mamadeira da criança.

“Eu coloquei (o veneno) na água para eu beber, só que aí falaram que se eu bebesse primeiro eu iria morrer e ela não. Eu fui e coloquei só um pouco, só que, na hora que ela começou a beber, eu tomei e liguei para a polícia para falar. Depois eu coloquei ela no táxi e levei para o hospital”, disse ela durante entrevista à TV Bahia.

A acusada ainda explicou que o motivo de ter cometido o crime foi o abandono do pai da criança. “O pai dela não queria mais ficar com a gente”, completou.

O caso aconteceu neste domingo, 2, quando Daniela deu chumbinho para a criança após se desentender com o marido.

O hospital acionou a polícia e Daniela foi presa em flagrante. Ela foi autuada por tentativa de homicídio qualificado. A pena varia entre 12 e 30 anos de prisão.

Segundo o site Radar 64, o bebê esteve hospitalizado no sábado (antes do crime) e Daniela pediu que o ex-marido, Salatiel Souza Conceição, de 24 anos, ficasse com a criança. Mas ele teria negado o pedido, alegando que iria sair com uma nova namorada. Isso a motivou a tentar matar a filha e cometer suicídio.

Por: A Tarde

Facebook Comments