Data de Hoje
21 June 2021

Mais de 6 mil carros foram roubados entre janeiro e março deste ano

drfrv_reproduçao_ssp

O último levantamento da Secretaria de Segurança Pública da Bahia dá conta de 1528 veículos roubados e 467 furtados entre janeiro e março deste ano. Os números revelam que a Área Integrada de Segurança com mais registros é Itapuã, que comporta bairros como Cassange, Itinga, Mussurunga e outros. Por lá, 209 casos foram registrados. Logo atrás está a Boca do Rio (Stiep, Costa Azul, Imbuí, Armação etc) com 130. Já os furtos, a Secretaria enumera 467 relatos em toda a capital. Os números podem ser maiores, já que nem todas as vítimas registram as ações.

Os dados lembram casos que ficaram na memória dos baianos. Entre eles, está o da professora da Unifacs, Anamaria Morales, de 59 anos, que resistiu a ação dos bandidos e morreu com um tiro na cabeça. Meses depois, familiares perderam Andrea Borges, também professora, que morreu com um tiro ao lado do filho de quatro anos na Vila Laura.

Ontem (3) o vereador Claudio Tinoco (DEM) relatou ao Bocão News que teve o carro furtado  no último dia 29 às 21h no Corredor da Vitória. “O motorista estacionou o carro e foi me acompanhar. Quando voltou para buscar o carro percebeu que o vidro estava quebrado e os pertences levados. Pelo menos não houve nada conosco”, avalia. O vereador Leandro Guerrilha (PSL) também passou por uma situação semelhante, quando teve o carro roubado na San Martin em maio.

tinoco_guerrilha_reproduçao

Já no sábado (31), foi a vez do porteiro Luis Antonio Almeida Santos, de 34 anos, rendido por dois homens sob a mira de uma arma no bairro Costa Azul, na rua Cassilandro Barbuda. O carro, um modelo Gol G5 de quatro portas, placa JSW 0759, foi levado pelos bandidos. Ele não tinha seguro. “Muita gente viu e não pode fazer nada”, diz a esposa de Luis, Mariana Souza, de 29 anos. A família pede informações através dos números 86343458 ou 84093032. 

carromodelogol_g5

Luis ficou sob a mira de bandidos e perdeu o carro

A reportagem do Bocão News ligou diversas vezes para o celular de Marcos César Silva, titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, mas ele não atendeu às ligações.

Facebook Comments