Data de Hoje
20 April 2021

Marquezine xinga muito em jogo e chora com hino e gols de Neymar: 'lindo'

 

Famosos na abertura da Copa30 fotos

12 / 30

Bruna Marquezine foi ao Itaquerão para acompanhar o jogo de estreia da Copa do MundoDanilo Lavieri/UOL

Mesmo sem tempo para aproveitar o dia dos namorados com Neymar, Bruna Marquezine esteve bem perto do atacante nesta quinta-feira. Das arquibancadas inferiores do Itaquerão, ela acompanhou a vitória do Brasil sobre a Croácia por 3 a 1 no primeiro jogo da Copa do Mundo e não escondeu a emoção com a tensa vitória da seleção brasileira.

Ansiosa, a atriz global chegou ao local por volta das 15h e se mostrou empolgada com o espetáculo de abertura desde o início. Ao lado da irmão do atleta, Raffaela Santos, ela bateu palmas inúmeras vezes para o show e distribuía sorrisos, como forma de aprovação a tudo que via.

Os momentos mais emocionantes, no entanto, ainda estavam por vir. Muito emocionada, Marquezine não se conteve na hora do hino nacional – cantado à capela pela torcida – e chorou bastante. O mesmo ocorreu na hora dos gols marcados por Neymar, especialmente o segundo, da virada no placar.

Emocionada e feliz por tudo que acompanhava, Bruna só não conseguia disfarçar o nervosismo. Desde o início da partida, a estrela global e namorada do craque da seleção exagerava nos palavrões. Nervosa, xingava muito a cada ataque da Croácia ou bola perdida.

A tentativa de ser discreta já não funcionava e ela já chamava a atenção de todos os presentes ao redor.

Nada de cerveja e assédio

No intervalo, o assédio foi inevitável. Mas Marquezine preferiu ficar na sua e pediu desculpas por não posar para fotos com fãs. Abordada pela reportagem, também avisou que não queria entrevistas.

Outra negativa veio no meio da segunda etapa, quando amigas e a irmão de Neymar ofereceram um copo de cerveja. Ciente das câmeras que a cercavam, não aceitou. E ainda gerou risadas das companheiras e do segurança do namorado, que acompanhava tudo de perto.

O sorriso foi mantido, mas desta vez era de alegria. Ao ver Fred cair na área e Neymar pegar a bola para cobrar o pênalti, ela levou as mãos ao rosto e rezou. A tensão não durou muito desta vez, seguida de um choro para extravasar a pressão de um possível tropeço na estreia.

"Lindo! Lindo! Lindo! Vamos, Brasil", gritou, antes de acompanhar o coro da torcida exaltando o namorado.

Por fim, a alegria foi com Oscar, autor do terceiro gol. E nem deu muito tempo de comemorar. Minutos antes do apito final, ela deixou rapidamente a cadeira próxima à bandeira de escanteio onde Neymar comemorou seu segundo gol e seguiu para o portão de saída do Itaquerão.

Leia mais em: http://zip.net/bwnFZV

Facebook Comments