Data de Hoje
6 May 2021
Foto: Lay Amorim / Brumado Notícias

Médicos do Hospital Municipal de Brumado paralisam por tempo indeterminado

Os médicos que trabalham no Hospital Municipal de Brumado, no sudoeste do estado, decidiram nesta quinta-feira (1°) parar por tempo indeterminado. Eles exigem novo contrato e manutenção de atendimentos e cirurgias eletivos no hospital e em uma policlínica. Na unidade, apenas os atendimentos de urgência e emergência estão mantidos. Os profissionais reclamam que o contrato com a prefeitura venceu há mais de um ano. Desde então, segundo os médicos, a prefeitura estabelece aditivos, porém o último venceu no dia 30 de agosto. Os médicos ainda afirmam que a mobilização ocorre desde abril, quando a prefeitura propôs um novo contrato (chamamento público para Pessoa Jurídica), que cobre somente as emergências e urgências, deixando de lado os serviços eletivos. Uma comissão de médicos foi formada para negociar com a secretaria de Saúde e Prefeitura, para que os atendimentos eletivos fossem incluídos, mas nenhum acordo foi firmado. Em nota, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, disse que a suspensão dos serviços básicos no Hospital Professor Magalhães Neto, a medida se deve ao contexto de crise que é vivenciado no país. “Por outro lado, a suspensão da normalidade dos serviços do hospital se dá por conta de atitudes tomadas pelos próprios médicos, os quais não aceitam o funcionamento exclusivo do hospital, acreditando que devem, necessariamente, estar atrelado aos serviços da Policlínica”, disse.

Por Bahia Notícias
Facebook Comments