Data de Hoje
12 April 2021
Foto: Reprodução

Médicos residentes fazem paralisação nacional a partir de terça-feira (8)

Os médicos residentes farão uma paralisação nacional, por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (8), a partir das 7h, horário de Brasília.  De acordo com informações da assessoria do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed-BA), a decisão partiu da Associação Nacional de Médicos Residentes (ANMR), após reunião com os representantes de várias unidades federativas realizada no último dia 2, e análise da consulta pública virtual com todos os médicos residentes e resultados das assembleias locais e estaduais do país.
Conforme orientação do Conselho Federal de Medicina (CFM), será mantida escala mínima de 30% do quadro habitual de médicos residentes nas unidades de urgência, emergência e UTIs, além dos plantões de intercorrências nas enfermarias. As demais atividades estarão suspensas.
Em Salvador, os médicos residentes farão uma manifestação no segundo dia de paralisação, dia 9, em frente ao Hospital das Clínicas, no Canela, a partir das 8h. No ato serão distribuidos informativos à população, alertando para as principais dificuldades enfrentadas pelos residentes em âmbito nacional e principalmente pelos profissionais de Salvador.
Entre as reivindicações estão o aumento da representação das entidades médicas na composição da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e fim da câmara recursal e  a fiscalização imediata de todos os programas de residência do país para garantir a qualidade destes, antes da abertura de novas vagas.
Os médicos residentes baianos fizeram uma manifestação no dia 24 de agosto como parte da agenda do Movimento Nacional de Valorização da Residência Médica em todo o país. Cerca de 120 residentes estiveram presentes com faixas que destacavam necessidades na formação de residentes médicos no Brasil.
Por Bahia do trabalho
Facebook Comments