Data de Hoje
2 December 2021

Mercados de Cajazeiras e Itapuã receberão permissionários do Rio Vermelho

Permissionários do Mercado do Peixe, no Rio Vermelho, serão realocados para os mercados de Cajazeiras e Itapuã. O equipamento do Rio Vermelho está fechado para realização de obras de requalificação, como parte do projeto previsto para a orla do bairro. A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) realizou o procedimento de realocação para as novas estruturas, que serão entregues em breve, de modo a garantir que os comerciantes possam continuar com suas atividades. Seis comerciantes vão para o Mercado de Cajazeiras e outros três vão para Itapuã. O local tinha um total 16 de permissionários, mas alguns não aceitaram a proposta da secretaria.
 
O coordenador de Feiras e Mercados da Semop, Iuri Dias, afirmou que houve debates com todos para permitir que fossem encontrados meios para a continuidade das operações enquanto as obras fossem realizadas. “Alguns permissionários já conseguiram local para comercializar e outros resolveram de outras formas. Nos mercados, alguns deles vão montar bar novamente e outros estão mudando o ramo de atividade para venda de pescados, hortifruti, lanchonete e mercearia. A decisão sobre a mudança da atividade veio dos próprios comerciantes”, frisou Dias.
 
Perminissionários Rio Vermelho - Assistidos - Mercado do peixe- 18-08-2015 - Henrique Pinheir (2)
Segundo a permissionária Taiana dos Santos, que em setembro completaria cinco anos como proprietária de um bar no local, a secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf, conversou com todos os permissionários sobre medidas a serem tomadas para não desamparar os comerciantes. “A Prefeitura não deixou a gente à toa. Eu, por exemplo, estou ajudando minha mãe no bar dela vendendo feijoada enquanto o mercado de Cajazeiras não inaugura. A Prefeitura está cumprindo o que prometeu”, afirmou. “Estava tudo degradado, sem cuidado. O mercado precisava dessa reforma”, acrescentou.
 
O comerciante Alex Nunes, que também possuía um quiosque há 22 anos, foi realocado. “Eles nos procuraram para saber para onde a gente queria ir, e escolhi Cajazeiras. Vou montar meu bar novamente lá e quando o mercado do Rio Vermelho ficar pronto, minha vontade é voltar”, completou Nunes. O rapaz afirmou que nenhum deles ficou desamparado e diz estar ansioso pela abertura do novo espaço. Após a conclusão das obras, os permissionários que desejarem retornar ao espaço terão que emitir uma nova licença, já que as antigas foram revogadas.

 

 

Facebook Comments