Data de Hoje
24 October 2021

Mesmo com cortes no governo, Senado renova frota de automóveis

Mesmo com o atual cenário econômico de déficit e cortes sucessivos do governo federal, o Senado renovou a frota de carros que atendem aos parlamentares e reajustou o valor pago pela locação. De acordo com a Folha de S. Paulo, a substituição dos Renault Fluence utilizados pelos 81 senadores por a modelos Nissan Sentra zero quilômetro foi concluída na última sexta-feira (11). A troca é prevista no contrato para cada dois anos e atende ao modelo de locação implantado em 2011 com a justificativa de que reduziria os gastos com manutenção e seguro. Antes, os carros pertenciam ao Senado. O Sentra novo custa hoje R$ 59,9 mil, mais em conta que o Fluence, cujo modelo mais recente sai por R$ 72,2 mil. Já o reajuste de 6,5%, autorizado na última semana, modificou o valor de locação de R$ 1,9 milhão para R$ 2,3 milhões. Desde 2011, só houve um pregão para eleger a empresa responsável pelo serviço, a LM Transporte, que teve o contrato prorrogado por três vezes. Segundo a assessoria do Senado, esta é a quarta e última prorrogação anual, mas todas demonstraram “ser vantajosas economicamente para o Senado Federal, após pesquisa de preços no mercado”.

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.-14Sma83Fv

Um outro contrato com a empresa trata apenas do carro utilizado pelo presidente da Casa, o senador Renan Calheiros (PMDB). Segundo a Folha, são três Hyundai Azera V6 -R$ 150 mil o zero quilômetro-, sendo dois deles para seguranças do senador. A locação dos três custa R$ 213,6 mil aos cofres do Senado. As assessorias de João Capiberibe (PSB-AP), Reguffe (PDT-DF) e Cristovam Buarque (PDT-DF) informaram que os senadores não usam veículos oficiais cedidos pela Casa.

Fonte: Bahia Notícias/ Foto: 
Facebook Comments