Data de Hoje
27 September 2021

Mesmo com discordâncias, coronel Castro acredita no diálogo entre PMs

Uma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disseUma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disseUma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disseUma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disseUma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disseUma polícia mais forte e ideal para a população”. Esta foi a afirmação do coronel Castro em entrevista ao Programa Se Liga Bocão, na noite desta segunda-feira (14), quando perguntado sobre o encontro dos oficiais para a Assembleia Geral Conjunta que acontece na tarde desta terça-feira (15), às 15h, no Wet'n Wild na Avenida Paralela. Na iminência de uma possível greve, o comandante-geral acredita que a Assembleia será de informação e atualização dos associados. “Discordâncias sempre existirão, porém acredito que a partir deste encontro as decisões serão de grande valia para a população baiana”, disse coronel Castro.





A partir do Plano de Modernização da PM, apresentado na última sexta-feira (11), o coronel Castro acredita que a população militar observará uma normalidade na coesão das suas atividades. Segundo o coronel, as lideranças que estarão à frente da Assembleia apresenta grande confiança. “Coloco a responsabilidade deste ato como uma forma de grande validade e conversa. Um diálogo sadio que apresenta um momento histórico”, disse

Facebook Comments