Data de Hoje
19 January 2022

Ministério Público abre nova investigação sobre Paulo Guedes

Brasília – A defesa do economista Paulo Guedes, indicado pelo candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, como superministro da Economia em caso de vitória, desqualificou investigação relativa a fundos de pensão, alegando base frágil para a apuração.

Em nota divulgada nesta sexta-feira, a defesa de Guedes disse que a investigação se baseia em um “relatório fragilíssimo, que tratou de apenas um, dentre quatro investimentos realizados pelo fundo”.

A investigação do Ministério Público Federal (MPF), segundo o portal Jota, ocorre no âmbito da operação Greenfield. A Reuters contatou desde a manhã desta sexta-feira a assessoria de imprensa do MPF para obter detalhes do caso e aguarda um retorno.

“O relatório omite o lucro considerável que o fundo tem propiciado aos investidores e a perspectiva de lucro de mais de 50 por cento do valor investido. Ou seja, não houve qualquer prejuízo às partes envolvidas”, disse a defesa do economista.

Facebook Comments