Data de Hoje
26 July 2021
Foto reprodução

Monstro: mãe é estuprada pelo próprio filho e um amigo dele

Os acusados de terem cometido o crime foram identificados como José Fernando Galdino, de 18 anos, mas conhecido popularmente com “Sapinho”, e Francisco Dantas da Silva, de 32 anos, mais conhecido como“Cenildo.” A vítima, que não teve o seu nome revelado por motivos de segurança, é uma senhora de 49 anos. Ela foi violentada sexualmente pelos suspeitos em sua residência.

O mais surpreendente de tudo é que um dos acusados de ter cometido o ato ilícito é o próprio filho da vítima, que, em vez de proteger a vítima, ele mesmo foi o agressor.

Segundo a polícia, Sapinho, que é filho da vítima, estava na companhia de Cenildo na casa de sua mãe. Em determinado momento, Cenido começou a passar a sua mão nas pernas da vítima, relatando que ele queria praticar atos sexuais com ela.

Por sua vez, a vítima se recusou. Durante esse tempo, o filho estava presenciando toda a cena. Em vez de socorrer a mãe, ele foi até ela e segurou em seus braços para que o seu amigo cometesse o estupro junto com ele (filho).

Ainda de acordo com a polícia, quando os suspeitos perceberam que a vítima estava sangrando, os dois ficaram com medo, deixaram a mulher deitada em cima de um colchão e fugiram do local. Após alguns minutos, uma adolescente de 14 anos, que é neta da vítima, chegou à residência e encontrou a vítima deitada.

Ela pediu socorro para os vizinhos e a polícia foi acionada pelos vizinhos, relatando que uma mulher havia sido vítima de violência sexual praticada por dois homens. Uma viatura da polícia foi ate o local informado. A vítima relatou para os policiais que um dos agressores era o seu filho e o outro um amigo dele.

A vítima recebeu os primeiros atendimentos no local e depois foi encaminhada para uma unidade médica da cidade. Entretanto, antes da vítima se encaminhada para o hospital, os dois acusados voltaram à residência onde o crime foi cometido, sendo presos em flagrante pela polícia.

Eles foram levados para a delegacia para prestar mais esclarecimento sobre o caso. O delegado Andson Rodrigo foi até o hospital onde a vítima estava internada. Ao ser questionada sobre o caso, ela confirmou que foi abusada pelos dois acusados.

Os suspeitos negaram todas as acusações. Após o depoimento, foram levados para um presídio da cidade, onde ficarão à disposição da Justiça. Conforme a polícia, os dois acusados são usuários de crack. O caso está sendo investigado.

Fonte: portal CM7

Facebook Comments