Data de Hoje
16 June 2021
Zona 30 Patamares_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

Moradores avaliam implantação do Zona 30 em Patamares

Desde a semana passada, o bairro de Patamares passou a receber um novo conceito de segurança viária, implantado pela Prefeitura e que também contemplou a região do Bonfim. O projeto Zona 30 visa readequar a velocidade da via para 30km/h, tornando o trânsito mais humanizado, através de sinalização especial, tanto vertical quanto horizontal, e faixas na cor verde para alertar os condutores de veículos sobre a passagem de pedestres.

 

Em Patamares, a mudança foi feita nas ruas do entorno do condomínio Greenville, onde os moradores e condutores que transitam pela área aprovaram a ação. A empresária Fernanda Cohim mora no Greenville e também tem amigos com filhos que estudam na região. Para ela, a implantação do Zona 30 transformou a área em um lugar tranquilo, pois muitas pessoas passavam acima da velocidade e desrespeitavam até os redutores de velocidade.

 

“Para nós, moradores, que praticamos esportes nas vias do condomínio, ficou mais seguro. Achei fantástica a pintura no chão, deu mais segurança para todos. Parabéns à Prefeitura pela iniciativa”, destacou Fernanda.

 

Também morador do Greenville, o empresário Alexandre Bomeny afirmou que o que já era bom ficou ainda melhor com a intervenção viária. “O projeto ficou muito bonito e bem sinalizado. Como utilizamos essa área diariamente em nosso acesso, esportes e passeios, ficou de fato mais seguro”.

 

Há 16 anos morando em Salvador, a paulista Mirian Trabasso mora na Colina A e confessa que, no início, achou que o projeto era voltado apenas para os finais de semana – no entanto, ao saber das mudanças, considerou as ações na região válidas. “Como a gente mora em um bairro bem residencial e muitas crianças e até os professores vão a pé para a escola, é válido o limite reduzido. Acho positivo, pois torna seguro o fluxo de andar a pé, de bicicleta ou patins. É uma mudança que me deixa mais tranquila”.

 

Conceito – Criado na Alemanha, o Zona 30 já é adotado em diversas cidades da Europa e do Brasil. Esse conceito tem sido considerado uma solução bastante interessante para ser aplicada em locais específicos, já que a implantação necessita de um estudo prévio do comportamento do tráfego no local, priorizando áreas residenciais ou com grande densidade de pedestres.

 

O Zona 30 foi o tema da Semana Global de Segurança Viária promovida pela Organização das Nações Unidades (ONU) este ano, que aconteceu entre os dias 17 e 23 de maio, visando reduzir acidentes e lesões no trânsito. Com o tema “Ruas Pela Vida”, a mobilização teve como objetivo garantir o cumprimento de velocidades baixas em vias urbanas e conquistar apoio local para se ter cidades mais seguras, saudáveis e habitáveis

 

De janeiro a abril deste ano, a Transalvador registrou 57.401 infrações por excesso de velocidade. Este número é 50,5% menor se comparado ao mesmo período do ano passado, quando 116.355 notificações foram emitidas por esse tipo de infração. Mesmo com essa diminuição, os números ainda são expressivos e demonstram a necessidade de atenção ao trânsito.

Facebook Comments