Data de Hoje
20 September 2021

Moradores revoltados denunciam a prefeitura de Lauro de Freitas

Há cerca de dois anos, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF), havia planejado o início de obras para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), que deveria estar situado na localidade Jardim Tarumã no bairro de Itinga.

Quase três anos depois, o portal Lauro News Online foi conferir de perto o andamento das obras através de denúncias feitas por moradores que insatisfeitos com o gasto do dinheiro público e a falta de informação da atual gestão sobre o que parece ter sido o cancelamento das obras, nos deparamos com uma área coberta pelo mato e apenas algumas pilastras de concreto inacabadas.

A UBS seria instalada ao lado da Escola Municipal Ismael Ornelas Farias, porém, a população reclama que as obras inacabadas se tratam de mais uma ação irresponsável promovida pela PMLF. “Aí tem dinheiro de nossos impostos, a Prefeitura chega, começa a obra, menos de dois anos abandona, não deram satisfação e agente que mora aqui passou à conviver com preocupação porque agora ta tudo infestado de ratos, baratas, muriçocas e ninguém veio aqui arrumar a porcaria que fizeram”, disse o morador José Antônio.

Segundo relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), divulgados em abril de 2014, a UBS Jardim Tarumã teve recursos liberados no valor de R$ 404.544,85. De acordo com o Relatório de Fiscalização do TCU, que durante a visita realizada em 05 de maio de 2014, foi constatado que houveram atrasos e descompassos que acabaram comprometendo a continuidade da obra.

Mato, lixo e muitos insetos tiram o sossego de quem precisava mesmo era de saúde

A Obra da UBS Jardim Tarumã foi financiada pelo Governo Federal através do Ministério da Saúde que disponibilizou os recursos para fornecimento de mão de obra e materiais com a prestação de serviços pela empresa Life Construtora e Projetos Ltda. A Data de habilitação da obra em Lauro de Freitas (celebração do contrato de repasse), aconteceu em 1º de dezembro de 2010, ainda na gestão da ex prefeita Moema Gramacho (PT).

Perguntar não ofende…

Resta saber quais foram os reais motivos aos quais “esta obra” ainda é esperada pela população? O porque o local continua desta forma? Com a palavra a Secretaria de Saúde do município e demais setores envolvidos.

ava

Por: Lauro News Online / Silva Jr

Facebook Comments