Data de Hoje
31 July 2021

Morre um dos executivos da OAS denunciado por corrupção na Lava-Jato

Morreu, há uma semana, o executivo João Alberto Lazzari, da OAS, réu na Operação Lava-Jato. De acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo, a 13ª Vara Federal de Curitiba foi comunicada nesta segunda-feira (8) sobre o falecimento do empresário. Ele era acusado de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e formação de quadrilha. Lazzari, de 63 anos, faleceu de câncer. Seus advogados pedem ao juiz que seja extinta a "punibilidade" do executivo.
 
A certidão de óbito aponta que a morte ocorreu no dia 31 de maio no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O enterro ocorreu na cidade de origem de Lazzari – Anta Gorda (RS). Ele tinha 63 anos e deixou quatro filhos.
 
Além de João Alberto Lazzari, são réus no processo por formação de cartel na Petrobras o presidente da OAS, José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, e os diretores Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Mateus Coutinho de Sá Oliveira, José Ricardo Nogueira Breghirolli e Fernando Augusto Stremel Andrade. Moro aceitou a denúncia também contra o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa.
Facebook Comments