Data de Hoje
27 September 2021

Mortalidade neonatal na Bahia chega a 11,8 por mil nascidos vivos

Na Bahia, segundo estimativa da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a mortalidade neonatal foi de 11,8 por mil nascidos vivos em 2013, enquanto em Salvador chegou a 15,5/mil. Os dados são apresentados pela professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, a neonatologista Lícia Moreira, que vai presidir o VIII Simpósio de Perinatologia do Nordeste, de 24 a 26 de abril, no Hotel Pestana, em Salvador.
 
 
Segundo a pediatra, “os recém-nascidos de baixo peso (RNBP), com menos 2.500g, estão entre 7% e 10% de todos os nascidos vivos e são responsáveis por dois terços da mortalidade neonatal no mundo”. Ainda conforme os dados da Sesab, 8% dos bebês nasceram com baixo peso no estado em 2013, enquanto Salvador atingiu um índice ainda maior, chegando a 11,7%.   
 
 
“O baixo peso ao nascer apresenta-se como um problema de saúde pública nos países em desenvolvimento, considerando a sua alta mortalidade e, sobretudo, a elevada morbidade que essas crianças possuem, com impacto para a família e para o Estado”, alerta a neonatologista, destacando que o percentual de RNBP em países desenvolvidos é 5,5% contra 18% em países em desenvolvimento.
 
 
A neonatologista chama a atenção para os impactos do baixo peso na vida adulta. “Estudos recentes identificam uma associação entre indicadores de desnutrição fetal (como baixo peso ao nascer) e doenças crônicas na vida adulta (hipertensão arterial, diabetes, obesidade, doença coronariana, resistência a insulina, entre outras)”, cita.  
 
Simpósio
 
Com ênfase nos estados do Nordeste, os dados e índices sobre morbimortalidade neonatal serão apresentados e discutidos com mais de 400 profissionais da saúde, durante o VIII Simpósio de Perinatologia, promovido pela Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), com apoio da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), entre 24 e 26 de abril, no Hotel Pestana.
 
 
Com o tema central “Redução da Morbimortalidade Neonatal”, a atividade é direcionada a pediatras, sobretudo neonatologistas, com percentual de vagas para internos, residentes de Pediatria, enfermeiros e fisioterapeutas.
 
As inscrições continuam abertas e podem ser feitas pelo sitewww.perinatonordeste2014.com.br .
 
 



DADOS DA BAHIA*

BAIXO PESO EM RECÉM-NASCIDOS – 2013



2013
Nativivos 500 a 999g 1.000 a 1.499g 1.500 a 2.499g %
Bahia 197.898 1.001 1.365 13.600 8,06
Salvador 44.933 457 613 4.212 11,7

 

MORTALIDADE – 2013



2013
Nativivos Mortalidade Neonatal Precoce

(< 7 dias)
Mortalidade Neonatal Tardia

(7 a 27 dias)
Mortalidade Neonatal
Bahia 197.898 1.939

(0,9%)
404

(0,2%)
11,8/1.000
Salvador 44.933 518

(1,1%)
180

(0,4%)
15,5/1.000



 
 
Facebook Comments