Data de Hoje
30 November 2021

Morte de traficante gera clima de insegurança no bairro da Liberdade

A morte de um traficante na noite do sábado (15) deixou o clima no bairro da Liberdade tenso, com rumores de toque de recolher obrigando a população a ficar em casa em busca de segurança. Wellington Silva Fernandes, o Piloto, foi morto durante uma ação da 37ª Companhia Independente de Polícia Militar (Liberdade) em Santa Mônica.

Segundo a 37ª CIPM, a guarnição foi recebida a tiros por três homens em um Palio prata. Além de Piloto, foi morto Ronaldo Barreto dos Santos. Os dois chegaram a ser socorridos ao Hospital Ernesto Simões Filho, mas já chegaram mortos. Já Jerferson Ribeiro de Oliveira foi preso e está no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Piloto era um dos líderes do tráfico de drogas na região, além de também ser acusado por homicídios. Depois das mortes, o policiamento do bairro foi reforçado por conta do clima de insegurança.

Um ônibus que fazia linha Pero Vaz x Itaigara foi esvaziado por bandidos no final da noite de ontem. Os passageiros tiveram que descer do ônibus e o motorista foi obrigado a colocar o veículo atravessado na pista. Os bandidos tentaram sem sucesso atear fogo ao coletivo.

Alguns estabelecimentos preferiram fechar as portas diante do clima de insegurança. Houve nova troca de tiros com policiais da 37ª CIPM na noite de ontem. A tradicional Feira do Japão também não funcionou no início da manhã – homens armados ordenaram que os comerciantes não espalhassem seus produtos.  A normalidade voltou às 10h, com mais policiamento chegando ao local.

Facebook Comments