Data de Hoje
23 September 2021
(Foto: Reprodução)

MP-BA instaura inquérito para averiguar insuficiência no serviço de hemodiálise do SUS

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), através da promotora Rosa Patrícia Salgado Atanázio, do Grupo de Atuação Especial de Defesa da Saúde (Gesau), instaurou na última terça-feira (8) inquérito para investigar a insuficiência de vagas para o serviço de hemodiálise.

A instauração do inquérito, que tem por objetivo verificar se a oferta do procedimento é desproporcional ao número de pacientes renais crônicos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), foi publicada no Diário Oficial da Justiça desta quinta-feira (10).  Procurada pela reportagem, a assessoria de impressa do MP-BA disse que ainda não há maiores informações sobre o procedimento recém-instaurado.

A presidente da Comissão Estadual de Nefrologia, dra. Danusa Pamplona, explicou nesta quinta (10) que dois mil pacientes dependem do procedimento que é oferecido através de 11 clínicas em Salvador e Região Metropolitana. A lista de espera para atendimento é de 80 pacientes.

Por Estela Marques / Marcos Maia / Bahia Notícias
Facebook Comments