Data de Hoje
20 June 2021

MPF e MP recomendam audiências públicas para acompanhar obra do BRT de Feira de Santana

MPF e MP recomendam audiências públicas para acompanhar obra do BRT de Feira de Santana

Foto: Divulgação

 
A implantação de BRTs [Bus Rapid Transit] em Feira de Santana, centro norte do estado, precisa de maior discussão entre a prefeitura e o povo feirense. O entendimento é do Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) que, em parceria com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), recomendou, nesta quarta-feira (7) que a gestão José Ronaldo (DEM) atualize o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), bem como promova audiências públicas para discussão da mobilidade urbana na segunda maior cidade do estado. Segundo os órgãos de fiscalização, a recomendação tem como objetivo estabelecer o diálogo entre as partes como também a divulgação do projeto de implantação do BRT para toda a comunidade, obra que deve consumir R$ 90 milhões em recursos federais. Segundo o MPF, o PDDU de Feira de Santana está há mais de 20 anos sem atualização, o que justifica a necessidade de revisão, principalmente em vista da implantação do BRT, que deve alterar toda a mobilidade da cidade. De acordo com o procurador da República Marcos André Carneiro, o BRT é a maior obra de que se tem notícia no município. O projeto será financiado pela Caixa Econômica Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento – Mobilidade Médias Cidades. O projeto do BRT foi apresentado nesta quinta-feira (8), na Câmara de Vereadores de Feira.
Facebook Comments