Data de Hoje
18 April 2024

Mulher é encontrada morta com marcas de tiros na cabeça em Simões Filho

Uma mulher aparentando idade inferior a 35 anos, foi encontrada morta com marcas de tiros na manhã desta quinta-feira (30), nas proximidades da linha férrea, na Rua A, no bairro Simões Filho 1.

De acordo com informações policiais, a vítima não possuía nenhum documento de identificação na hora do crime. Ela estava trajando um vestido rosa e um capacete de motociclista foi deixado ao lado do corpo.

Segundo informações de testemunhas, por volta das 05h desta manhã, moradores ouviram vários disparos de arma de fogo na localidade onde ocorreu o crime. Minutos depois, o corpo da mulher negra já poderia ser visto no local.

A polícia foi imediatamente acionada por populares, mas ao chegar ao local os agentes da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), constataram que a mulher já estava sem vida. A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidas.

Conforme exposto pelo comando da 22ª CIPM nesta semana, o mês de novembro foi considerado um dos mais tranquilos com relação a ocorrências violentas no município. O Major Fábio Dias chegou a comemorar a sensação de tranquilidade na área habitada da cidade, no que se refere a homicídios.

Embora, neste período, quatro corpos tenham sido encontrados em locais considerados como pontos de desova fora da área urbana, sendo, três corpos carbonizados no Centro Industrial de Aratu e um na BA-093, a PM não contabilizou os assassinatos como ocorrência do município, tendo em vista que as vítimas não residiam na cidade.

Major Fábio salientou que a união entre as forças de segurança estadual e o Ministério Público, juntamente com a prefeitura, parlamento municipal e lideranças dos bairros, são fatores que explicam a queda dos índices de violência na cidade, entretanto, os pontos de desovas continuam sendo um problema em Simões Filho. Para resolver a demanda, um conjunto de estratégias está sendo traçado pelo comandante.