Data de Hoje
12 April 2021
Foto: Reprodução

Mulher é impedida de receber pensão por ser declarada morta pelo INSS

Uma mulher de 62 anos busca na justiça o direito de receber sua pensão vitalícia. Isso porque ao solicitar o benefício junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) na Bahia, o órgão afirmou que ela estaria morta desde 2003.

Uma certidão de óbito, emitida em 2003, atesta que Luzia da Silva Santos, moradora do município de Conceição do Coité, localizado a 216 km de Salvador, morreu na cidade de Atibaia, em São Paulo.

Luzia ainda afirma que nunca esteve em São Paulo e tenta junto com seu advogado provar que está viva, para então receber a pensão vitalícia que tem direito desde a morte de seu marido.

Click Notícias

Facebook Comments