Data de Hoje
20 September 2021
Foto: Foto: Reprodução/Daily Mail

Mulher emagrece mais de 50 kg sem cirurgia e vira modelo

Ela utilizou exercícios e novos hábitos alimentares para atingir seu objetivo e mudar de vida.

Quem a vê não imagina que seja a mesma pessoa. Donna Marie Gillie, de 30 anos, pesava 104 kg e sua obesidade era uma marca que parecia definitiva. Mas ela provou o contrário e, sem cirurgia, conseguiu perder a metade de seu peso (52 kg) e tornou se corpo tão saudável que ela virou modelo.

Foto: Reprodução/Daily Mail
Foto: Reprodução/Daily Mail

Agora a moça até usa orgulhosamente um biquíni da moda. Tudo isso apenas com exercícios físicos e dieta, buscando atingir seu objetivo e mudar seu estilo de vida. Nascida em Nova Scotia, Canadá, ela participou de seu primeiro concurso em 2014. As informações são do Daily Mail.

— Não entrei (no concurso) porque queria o troféu ou qualquer reconhecimento, mas por algo ligado a mim mesma: provar para mim que eu poderia moldar o meu corpo depois de todo meu trabalho duro e perder o peso necessário para eu me reconstruir.

Já durante a adolescência ela tinha problemas com a obesidade, comendo bolos e chocolates compulsivamente. Quando entrou na faculdade, estava pesando 104 kg.

— Comecei a lutar com o meu peso na minha adolescência. Sempre soube que tinha de lutar desde cedo com a comida – eu sempre comi demais.

Ela também contratou um treinador para orientá-la nos exercícios. E estimulá-la a não exagerar mais nas comidas que a jovem mais procurava anteriormente.

— A comida predileta para mim sem dúvida são os doces. Eu amo chocolate, sorvete e cheese-cake e sempre será assim.

A questão agora é saber se controlar. Donna bem sabe que, aos 22 anos, por causa de sua compulsão, mal conseguia se sentar. Agora, porém, além de participar de concursos de biquíni e fitness – já foram dois – a modelo posa para empresas de lingeries e está confiante em relação ao seu corpo.

Mas não foi uma conquista repentina. Tudo aconteceu por etapas:

— Comecei com pequenos passos, não comecei realmente a mudar a forma de me alimentar até ter ingressado de maneira intensa em minha jornada fitness. Acho que se poderia dizer que atingi um patamar e então comecei a mudar a maneira de comer.

Ela se prepara para seu terceiro concurso, em dezembro.

— Perder peso mudou a minha vida em aspectos muito positivos.

Hoje Donna se tornou uma referência para outras mulheres.

— Muitas pessoas vêm até mim e dizem que eu as estimulei a realizarem mudanças, pedindo conselhos também.

O otimismo segundo ela é o segredo do sucesso.

— Sempre lembro a elas o caminho que segui, de manter uma atitude positiva, porque isso só pode fazer maravilhas.

E o preconceito, assim como em relação aos obesos, pode ser um forte obstáculo.

— A comunidade de fitness é muitas vezes considerada como muito superficial, mas para ser honesta é um grande suporte e carrega uma atmosfera social muito positiva.

Mas não foi só o lado físico que a bela Donna recuperou.

— Desde que perdi o meu peso me sinto melhor física e mentalmente.

Por R7
Facebook Comments