Data de Hoje
22 April 2021
Geneva Gomez morreu no local do crime (Foto: Reprodução)

Mulher usa crucifixo para matar filha que estava possuída

Uma norte-americana, Juanita Gomez, de 49 anos, foi presa após usar crucifixo para matar a filha, Geneva Gomez, de 33, na casa da família, na cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos. O crime aconteceu no último sábado, mas somente na segunda-feira a polícia local divulgou detalhes sobre o caso. A suspeita confessou ter cometido o crime porque acreditava que a filha estava possuída por entidades malignas, de acordo com informações do jornal “KTLA”.

O corpo da vítima foi encontrado no mesmo dia do crime, 27 de agosto. Ela estava caída no chão, de braços abertos, com o crucifixo sobre seu peitoral. “Ela sofreu traumas na face e na cabeça”, informam os documentos da investigação do caso.

A suspeita pelo crime foi presa no local e admitiu na delegacia ter agredido a jovem sucessivas vezes e que, em seguida, “forçou um crucifixo e um medalhão religioso pela boca da filha até que essa sangrasse”. Juanita diz que atacou a filha porque acreditava que ela estivesse “possuída pelo mal”.

A mãe, acusada pelo crime de homicídio, está detida em uma penitenciária da região, aguardando julgamento.

Por Click Notícias
Facebook Comments