Data de Hoje
27 September 2021

Mutirão do Procon ajuda a negociar as dívidas com os bancos até dia 9 de outubro

Oito em cada dez consumidores que tomaram empréstimos em bancos e financeiras estão inadimplentes, como aponta o SPC Brasil. Com a dificuldade cada vez maior em honrar os compromissos financeiros, 76% das pessoas estão devendo mais aos bancos, volume 8% a mais do que no ano passado, quando o mesmo índice chegava a 68%. O crescimento do endividamento com bancos e financeiras levou a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) a promover, até o dia 9 de outubro, um mutirão para a renegociação das dívidas com instituições bancárias.

Foi justamente este tipo de endividamento que levou a faxineira Maria Pereira ao Procon ontem.  Ela viu uma dívida de R$ 1,4 mil pular para R$ 2,3 mil de um mês para o outro. “Eu comprei umas coisas no mercado e na farmácia e fiz um empréstimo, também usando o cartão. Só que aí não tive como pagar”, conta ela.

Depois que entrou em contato com o setor de cobrança do banco, a instituição financeira ofereceu um acordo que previa uma entrada de R$ 600 e mais 12 parcelas de R$ 667, o que fez a faxineira desconfiar das contas. “Quando fui somar tudo de novo, tomei um susto. A dívida estava mais de R$  8 mil. Não tive condições de pagar R$ 1,3 mil, como vou pagar esse valor? Eu quero pagar, mas tem que ser o valor que eu estou realmente devendo”, diz.

Dívida crescente

De acordo com a economista chefe do SPC Brasil, Marcela  Kawauti, em um momento onde o endividamento cresce na mesma velocidade da queda do poder de compra do consumidor, a solução está mesmo em negociar. “É a hora em que as pessoas estão sendo obrigadas a se ajustar. Os bancos acabam aumentando a taxa de juros justamente por conta do risco que correm com relação à inadimplência. Cabe ao consumidor buscar um acordo que seja bom para os dois lados”, recomenda a economista do SPC. 

A intenção do Procon-BA é atender, em média, 1,2 mil pessoas durante todo período do Mutirão e conseguir renegociar, pelo menos, 70% desses débitos. O órgão vai atuar como uma espécie de mediador na negociação, como explica o diretor de Atendimento e Orientação ao Consumidor do Procon, Lucas Menezes. “O nosso objetivo é fazer uma intermediação que possa atender aos dois lados, tanto do consumidor que está devendo, como também do credor que tem interesse em receber aquele dinheiro”.

Para participar do Mutirão, o consumidor deve agendar o atendimento pela internet no endereço www.justicasocial.ba.gov.br/Procon e clicar no link “Mutirão de Renegociação de Dívidas Bancárias”. A partir daí é só preencher o formulário com nome completo, CPF, RG, o nome da instituição bancária. No momento do preenchimento do formulário, que pode ser feito até esta quarta-feira, o consumidor também deverá escolher o dia para atendimento.

A instituição financeira tem o prazo de até 15 dias para responder à proposta de renegociação.

Por: Correio 

Facebook Comments