Data de Hoje
31 July 2021

Neto confirma ofício e acusa: 'Wagner quer que cidadão continue sofrendo com ônibus'

Neto confirma ofício e acusa: 'Wagner quer que cidadão continue sofrendo com ônibus'

Prefeito diz que licitação e prazo estão mantidos | Foto: Max Haack/Ag. Haack/BN

 
O prefeito ACM Neto (DEM) confirmou, em nota, o recebimento de um ofício do governador Jaques Wagner com o pedido de suspensão da licitação do transporte urbano de Salvador, conforme revelou o Bahia Notícias nesta quinta-feira (10). No comunicado, o gestor considera a carta do petista uma “afronta à soberania” do Município. "Não vamos parar o processo porque não reconhecemos a força da Lei que criou a Entidade Metropolitana e, principalmente, porque a cidade não suporta mais o modelo atual. O governador Jaques Wagner quer que o cidadão continue sofrendo para andar de ônibus e nós queremos resolver o problema, oferecendo conforto e transporte de qualidade à população. Como fui eleito para cuidar da população e sei que a melhoria passa pela licitação, não vou suspender o processo. […] O prazo está mantido”, avisou, ao questionar o porquê do questionamento do chefe do Executivo estadual, já que o processo de concorrência pública foi iniciado ano passado. "Será que só agora o governador tomou conhecimento? Antes de encaminhar um ofício solicitando a suspensão da licitação, por que o governador não pergunta se os usuários estão satisfeitos com o atual modelo?”, indagou o democrata, ao pontuar que o contrato de transferência do  metrô para o governo previa a licitação com integração do sistema de ônibus. “É um caso claro de dois pesos e duas medidas ou de decisões tomadas de acordo com conveniências políticas. Quem será prejudicado, consequentemente, é o povo de Salvador. Quando a política toma lugar da coisa pública, quem perde é a população”, disparou Neto.
Facebook Comments