Data de Hoje
30 November 2021

Neto nega que tenha feito pressão para Beca e Kiki deixarem oposição

O prefeito ACM Neto (DEM) negou, na manhã desta quarta-feira (12), que tenha pressionado os vereadores Kiki Bispo e Beca para que deixassem a a oposição na Câmara de Salvador. O grupo oposicionista é ligado ao governador Rui Costa (PT), a quem o PTN se aliou no início do ano deixando a base de Neto.

Na última segunda-feira (10), o vereador Toinho Carolino (PTN) acusou o prefeito de ter feito uma pressão nas bases para provocar debandada.

De acordo com Carolino, ele também sentiu a mesma pressão. “Eu sei que o prefeito tem entrado nas minhas bases com outras lideranças. Tentando pressionar. Mas isso faz parte do jogo. Eu como vereador de oposição assumo minha condição. Não é por isso que vou me jogar no colo do prefeito. Uma das funções dos vereadores é fiscalizar o Executivo e quem melhor fazem isso são os opositores. Assumi meu papel”, afirmou.

O prefeito ACM Neto disse, no entanto, que tem uma postura democrática e que, inclusive, atende até mesmo os pleitos dos vereadores da oposição. “Quem melhor pode falar sobre isso são os vereadores, que são testemunhas. Agora não vou comentar a declaração (de Carolino) porque o partido dele deve estar preocupado por ter pedido estes dois membros”, disse Neto, ressaltando que ficou “muito feliz” com as decisões de Kiki e Beca de saírem da base de Rui

Facebook Comments