Data de Hoje
22 October 2021
Foto: Valter Pontes / Agecom

Novas escadas rolantes entram em fase de testes na Estação da Lapa

Um dos principais equipamentos de transbordo de Salvador foi alvo de vistoria realizada pelo prefeito ACM Neto nesta sexta-feira (11)

Com cerca de 60% das obras concluídas, a nova Estação de Transbordo Clériston Andrade, mais conhecida como Estação da Lapa, foi alvo de vistoria na manhã desta sexta-feira (11). O prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, e de representantes do Consórcio Nova Lapa, empresa vencedora da licitação para reforma e exploração do equipamento, conferiram todas as intervenções que já foram executadas e que estão em andamento neste momento.

 Foto: Valter Pontes / Agecom

Foto: Valter Pontes / Agecom

Além da apresentação sobre o processo de reforma da estação, desde o profundo estado de degradação em que estava até a perspectiva do novo equipamento com o centro comercial que será construído no local, também foi feito o teste com duas das onze novas escadas rolantes a serem instaladas e que poderão ser utilizadas pela população a partir de dezembro deste ano.

 Foto: Valter Pontes / Agecom

Foto: Valter Pontes / Agecom

Para o prefeito ACM Neto, a avaliação do andamento das obras é a melhor possível. “A gente percebe que começa a se tornar realidade um sonho histórico de Salvador, de mais de 400 mil pessoas que passam por aqui diariamente e que esperam ter uma Estação da Lapa completamente modernizada e renovada. Muitos se lembram de que o equipamento estava abandonado, com banheiros destruídos, escadas rolantes sem funcionar, escuro e sem segurança. A Prefeitura teve determinação necessária para fazer um processo que buscou parceria com a iniciativa privada para recuperação do local e, agora, as pessoas já começam a sentir as melhorias. O mais importante é que o cronograma previsto está mantido e vamos inaugurar a nova Lapa em fevereiro do próximo ano”, relatou.

De acordo com o diretor de Operações do Consórcio Nova Lapa, Gilberto Menezes, as obras foram iniciadas em janeiro deste ano com a preocupação de realizar a intervenção com a estação funcionando, trazendo o mínimo de prejuízo aos usuários. “Hoje começamos a instalar onze escadas rolantes e pretendemos finalizar as obras e já estamos fazendo a recuperação de todas as áreas comerciais, banheiros, subestação e rede elétrica, além de toda a parte de impermeabilização, dentre outros itens. Temos várias frentes de serviço em andamento para conseguir cumprir o cronograma”, pontuou.

O secretário Fábio Mota lembrou que toda a reforma está sendo feita com recursos 100% privados, através de processo licitatório que buscou a parceria privada. “Desde janeiro, o Consórcio Nova Lapa assumiu, além da reforma, a manutenção do equipamento que custava R$350 mil por mês aos cofres municipais. Além disso, mais R$13 milhões serão investidos para a recuperação da estação e o período de concessão é de 35 anos, ou seja, a empresa estará responsável pela modernização da Estação da Lapa e o cidadão não pagará um centavo a mais por isso.”

Obras – Para a nova Estação da Lapa, já foram investidos R$8 milhões. Os banheiros do 1º pavimento já foram totalmente recuperados e contaram com a instalação de espelhos, pisos em granitos, revestimentos nas paredes, louças, metais novos, secadores de mãos e ar condicionado. A impermeabilização das lajes já está 40% concluída e as obras civis da subestação possuem 90% de conclusão. Também está em andamento a recuperação do piso de alta resistência existente e a pintura de faixas de pedestres nas vias de acesso ao terminal.

O local já possui segurança privada com atuação 24 horas e a equipe de operação e conservação trabalha todos os dias com 42 funcionários. O ordenamento das áreas comerciais já está em andamento e abrigará 63 estabelecimentos. Onze novas escadas rolantes serão instaladas e uma delas é considerada uma das maiores da América Latina, com 12 metros de desnível. Nas escadas fixas, serão instalados novos corrimãos em aço inox, inclusive com passa-mão infantil, sendo que duas delas já estão prontas.

A nova estação contará também com uma Central de Controle de Segurança, com circuito fechado de televisão com 60 câmeras de monitoramento, e elevador para atender a pessoas com deficiência. A iluminação engloba 450 luminárias em LED e um gerador com 450kVA. No viaduto estaiado, que se tornou um símbolo da Estação da Lapa, os cabos de sustentação já foram 100% revisados e está em fase final de aplicação da proteção anticorrosiva.

Para facilitar a mobilidade das pessoas com deficiência visual na Estação da Lapa, foi implantada uma rota de piso tátil com cerca de 2 km. Também será implantado um elevador para atender pessoas com dificuldade de locomoção. Foi criado, ainda, um canal de comunicação com a população através do e-mail [email protected] .

Por Agecom
Facebook Comments