Data de Hoje
6 December 2021

Novo centro de convenções deve ocupar área dos Fuzileiros Navais no Comércio

O governo já iniciou negociações com a Marinha para realocar o Centro e Convenções da Bahia para o Comércio, conforme já cogitado pelo governador Rui Costa. O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, afirmou em entrevista ao portal G1 Bahia que o centro deve ocupar a área onde atualmente pertence ao Grupamento de Fuzileiros Navais. “O estudo está bem avançado. Por tudo o que vimos até agora, é viável. Ainda não temos o projeto pronto, razão pela qual ainda precisamos concluir o estudo de viabilidade”, disse Dauster. A licitação para a construção do equipamento pode sair até dezembro deste ano, por meio de Parceria Público-Privada (PPP) ou concessão de outorga. De acordo com o titular da pasta, o novo centro está sendo planejado para ser de grande porte, com capacidade de receber eventos de até 30 mil pessoas, além de auditório para eventos de até três mil pessoas. Estão previstas também área de alimentação e salas de reunião. A intenção do governo é de que o espaço tenha vista para a Baía de Todos os Santos. Para Dauster, apesar das obras de requalificação do atual centro de convenções, localizado no Stiep, “era ilusório” o objetivo de recuperar o equipamento. “Falar, a gente pode falar o que quiser, mas não corresponde aos fatos. Sabemos que no fundo aquele Centro de Convenções estava inadequado. O principal uso dele era formatura. É um centro que não corresponde às características principais de demanda de um Centro de Convenções”, disse, em entrevista ao G1. 

Facebook Comments