Data de Hoje
18 May 2021
Foto:Divulgação/Prefeitura de Salvador

Novo shopping na Estação da Lapa terá 250 lojas e deve gerar 6 mil empregos

Além de shopping, 64 empreendimentos vão funcionar nos antigos boxes do primeiro andar

Durante a vistoria do prefeito ACM Neto, ontem, nas obras de reforma da Estação da Lapa, o titular da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom), Silvio Pinheiro, assinou a licença ambiental que libera a construção do shopping que vai funcionar dentro do terminal e que deve gerar cerca de 6 mil empregos. “Houve toda tramitação formal e legal para a obtenção do alvará. Foram cumpridas todas as etapas para que a concessionária possa avançar na construção do shopping”, afirmou o prefeito ACM Neto durante a visita às obras do terminal.

Foto:Evandro Veiga/Correio

Foto:Evandro Veiga/Correio

Serão 250 lojas, com previsão de entrega, após o início da construção, de 24 meses. “Nós apostamos que no começo de 2018 o shopping deve estar concluído e todos terão condições de aproveitar mais esse empreendimento que trará benefícios para a cidade”, comentou Neto. Segundo ele, a iniciativa virá em boa hora, diante do cenário de crise econômica.Além do novo shopping, o local vai contar, já a partir da entrega das obras da estação, em março, com 64 empreendimentos que vão funcionar nos antigos boxes do primeiro andar, em uma área que tem aproximadamente 3,2 mil metros quadrados.

Inaugurada em 1982, estação nunca teve ampla reforma

A Estação da Lapa se chama, oficialmente, Estação de Transbordo Clériston Andrade, em homenagem ao ex-prefeito de Salvador, que morreu um mês antes da sua inauguração. O terminal, projetado pelo arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, “mudou de nome” por estar localizado próximo ao Convento da Lapa.

Inaugurado em 7 de novembro de 1982, o terminal foi construído com concreto armado convencional e pré-moldados e nunca havia passado por um processo de requalificação completo – a última reforma foi em 2000.

Até o início da requalificação atual, 80 linhas passavam pelo terminal, com média de 325 coletivos por hora.

Por Amanda Palma/iBahia
Facebook Comments