Data de Hoje
4 December 2021

Novos indícios colocam Luiz Argôlo mais perto da degola

Parlamentares da bancada da Bahia em Brasília deixaram ontem a reunião do Conselho de Ética da Câmara convencidos de que o deputado federal Luiz Argôlo (SDD) caminha rápido para o cadafalso. Nos últimos dias, o relator do processo contra Argôlo, Marcos Rogério, do PDT de Rondônia, recebeu novos documentos que ligam diretamente Argôlo a empresas usadas no esquema de lavagem de dinheiro montado pelo doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal durante a Operação Lava Jato. Os indícios, na verdade, fazem parte da investigação contra o ex-petista André Vargas, mas acabaram resvalando no deputado baiano. Para colegas do conselho, Marcos Rogério afirmou que os papéis ainda não vieram à tona, mas que farão parte do relatório final, previsto para ser concluído mês que vem.

Jairo Costa Junior, Correio*

Facebook Comments