Data de Hoje
23 June 2024
Foto: Reprodução

Obras do metrô serão embargadas após motociclista ser atingido por placa

Um motociclista ficou gravemente ferido e chegou a fraturar os dois pés na madrugada desta sexta-feira (29) após ser atingido por uma das placas da construção do metrô de Salvador, na Avenida Paralela, próximo da entrada que dá acesso ao bairro de Stella Maris.

Agentes da Transalvador informaram a parentes da vítima que já ocorreram três acidentes envolvendo as placas nesta semana. A CRR Metrô, empresa responsável pelas obras, será notificada e multada.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Por conta dos indícios de irregularidades encontrados na montagem das placas no trecho da Linha 2 do metrô, uma parte da obra na Avenida Paralela foi embargada, de acordo com secretário de Mobilidade Urbana, Sérgio Guanabara, na manhã desta sexta-feira (29).

“Eu autorizei que as obras deste trecho, do final da Paralela até o Aeroporto, fossem embargadas. A CCR terá que apresentar um estudo técnico, juntamente com engenheiro especializado em segurança, e só após análise desse material, decidiremos se essa parte será desembargada ou não”, explica.

A CCR Metrô Bahia e o Consórcio Mobilidade Bahia informaram por meio de nota que estão colaborando com as autoridades na apuração das causas do acidente. Sobre o embargo da obra, a assessoria da CCR afirmou desconhecer a informação.

Em junho deste ano, a Sucom autuou o Consórcio Mobilidade Bahia após placas de tapume que cercam as obras da Linha 2 do metrô soltarem com os fortes ventos na capital baiana.

Por Click Notícias