Data de Hoje
21 September 2021

OIT afirma que desemprego deve bater recorde até 2019. No setor técnico, sobram vagas por falta de qualificação adequada.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou dados alarmantes no final do mês de maio. De acordo com pesquisa feita pela organização, o desemprego crescerá em 3,2 milhões de pessoas neste ano, passando para 203 milhões pessoas desempregadas em todo o mundo. Se seguir essa proporção, em 2019, considerando as atuais tendências, o desemprego alcançará 213 milhões de pessoas, segundo o relatório. Em contrapartida, o setor técnico, principalmente no Brasil, nunca precisou tanto de mão de obra qualificada. “Nunca se precisou tanto de profissionais capacitados na área de petróleo e gás, devido ao mercado aquecido com as operações do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro). Sem falar na expansão do Pré-Sal. Nos próximos anos, a indústria deve aumentar ainda mais essa demanda”, comenta Anderson Braga, coordenador do CETTPS, instituição especializada em ensino técnico localizada em Camaçari. Ainda de acordo com Anderson, existem outras áreas com déficit de mão de obra especializada e com o mercado cada vez mais aberto. “Com as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e da Copa, o setor de Construção Civil também está em alta. Outro profissional que as empresas buscam são os Técnicos em Logística, para expandir negócios dentro do país, principalmente na região nordeste, norte e centro-oeste”, completa.

OIT

Facebook Comments