Data de Hoje
15 June 2021

Otaviano Costa pede a Joelma e Chimbinha “mais respeito um com outro

 

Otaviano Costa pediu a Joelma e Chimbinha “mais respeito um com outro” durante o “Vídeo Show” desta quarta-feira (14). O desabafo do apresentador ocorreu depois que o programa da Globo exibiu o vídeo de Yago, filho do casal, no qual demonstrou descontentamento com as declarações do pai em entrevistas concedidas ao “Fantástico” e ao “A Tarde é Sua”, da Rede TV!.

“Eu torço para que cada um siga o seu caminho, mantendo o equilíbrio. Só nos resta desejar calma e respeito, gente, respeito pela história de vocês, respeito um com outro”, disse Otaviano, ao lado de Monica Iozzi.

A confusão entre Joelma e Chimbinha se alastrou por redes sociais e também pelo mundo artístico. Além de Otaviano, apresentadores, como Ratinho e Sônia Abrão, também criticaram a postura da líder da banda Calypso.

“O que ela faz, já passou de todos os limites, um desrespeito, uma falta de dignidade profissional, de carinho com o seu público. Ela manipulou os fãs e conseguiu com todo esse teatrinho de quinta que vem fazendo desde o momento dessa separação”, detonou Sônia, durante o “A Tarde é Sua”, da Rede TV!. (Veja o desabafo na íntegra, no vídeo abaixo)

Já Ratinho sugeriu a Joelma que conversasse e perdoasse o ex-marido. “Joelma, você fala muito em perdão, então, por que não perdoa o Chimbinha?! Ela é evangélica e fala a toda hora em perdoar. Aproveita e começa por ele. Não é verdade? E para com essa briga”, disse o apresentador ao lado de Roberta Miranda e de outros convidados.

O anúncio oficial do fim do casamento de 18 anos de Joelma e Chimbinha foi feito em 19 de agosto deste ano. Na ocasião, os dois afirmaram por meio de um comunicado “que o respeito, gratidão, amizade, admiração e parceria” permaneceriam recíprocos. Não foi o que aconteceu.

Durante a apresentação de um show, Joelma sugeriu que foi traída por Chimbinha e apontou o dedo para o ex-marido ao cantar parte do refrão da música “A Lua Me Traiu”.

No dia 11 de setembro, a Justiça do Pará proibiu Chimbinha de ficar a menos de cem metros de Joelma com base na Lei Maria da Penha. Porém, o advogado do músico conseguiu derrubar a liminar uma semana depois, no dia 18, o que viabilizou a volta guitarrista para a banda.

Chimbinha retornou aos palcos no dia 4 de outubro, durante show em Teresina (PI), mas teve de deixar a apresentação 20 minutos depois. Insatisfeito com a performance de Joelma, que se negava a subir ao palco, o público vaiou e jogou objetos no guitarrista. Ele não voltará a tocar com a banda nos shows agendados até o fim do ano.

Lançada em Belém (PA) no ano de 1999, a banda Calypso gravou 21 CDs e 7 DVDs em 16 anos de carreira, com mais de 15 milhões de cópias vendidas durante o período. O grupo alcançou indicações a prêmios importantes e participou de festivais internacionais.

Facebook Comments