Data de Hoje
28 January 2022
Reprodução/Instagram

Para deixar a coleção de polêmicas mais preenchida, Kannário Brinca com a pandemia e fala sobre Bolsonaro em show.

Foto: Reprodução/Gilmar Souza | Por Dara Medeiros no dia 11 de janeiro de 2022 às 05:38

Compartilhar

O cantor e deputado federal Igor Kannário se pronunciou nas redes sociais após se envolver em duas polêmicas. Em meio o aumento do número dos casos de Covid-19, o artista cantou uma música de teor negacionista e reclamou de um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Os vídeos repercutiram e dividiram a opinião dos internautas.

Durante um show no domingo (9), na cidade de Jaborandi, localizada no interior da Bahia, Kannário cantou: “A pandemia já passou, eu tô suave sem estresse”, enquanto o público dançava. As imagens circularam e o cantor foi altamente criticado.

“O que esperar de uma criatura dessas? Absolutamente nada que preste”, comentou um jovem. Outro concordou, escrevendo: “Ele deveria dar exemplo”. Uma moça finalizou as críticas dizendo: “Errado é quem elegeu Kannário como deputado”.

 

Kannário e Bolsonaro

A segunda parte da polêmica envolve o presidente Bolsonaro. Enquanto a apresentação de Kannário acontecia, algumas pessoas gritaram “Ei, Bolsonaro, vá tomar no c*”. Essas manifestações têm se tornado muito comuns e já aconteceram em shows de outros artistas como Ivete Sangalo, Vanessa da Mata e Luísa Sonza. Porém, o ‘príncipe do gueto’ pediu para que o público não puxasse o coro.

No vídeo no show, Igor Kannário diz: “Fala com quem quiser, mas não fale essa p*[email protected] com Kannário não, que o Kannário não vai aceitar. E não é porque o Kannário tá puxando o saco do presidente não” e um homem da plateia mostra o dedo do meio a ele. O cantor rebate, afirmando que o jovem estava cometendo desacato e afirma: “Se você não sabe, eu sou um deputado federal e você tem que me respeitar”. Ele também diz que “não come reggae”.

Trechos da discussão dele com o homem no público do show foram cortados e deram a entender que ele estava falando do presidente. Kannário acabou sendo mal visto por apoiadores de esquerda, que apoiam as manifestações políticas contra Bolsonaro, e pela direita, que achou que o deputado estava se referindo ao presidente.

Diante da repercussão, Igor se pronunciou no seu instagram pessoal, enfatizando que não se pronunciou contra Jair Bolsonaro: “Cortaram o vídeo e tentaram polemizar”, justificou. Por outro lado, Kannário ainda disse que não se opõe aos protestos: “Tô nem aí, cada um tem sua bandeira, cada um tem sua opinião e a gente tem que respeitar” e falou que reclamou apenas porque ele, como artista, acredita que ‘a política tem que ficar do portão pra fora’.

Facebook Comments