PARECE MENTIRA, MAS NÃO É! Anitta, Whindersson, Felipe Neto e MC REBECA ESTÃO NA LISTA DE APROVADOS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

A coluna fez uma ‘segunda lDO va’ de nomes dos famosos que constam como beneficiários do auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal, no período da pandemia. Para a nossa surpresa, em novo levantamento feito pela equipe desta colunista, encontramos um nome que jamais imaginaríamos: Larissa Macedo Machado. Sim, o nome de Anitta, assim como de outros famosos listados abaixo, foram parar no Portal da Transparência por conta do benefício que, na teoria, deveria ser destinado às famílias de baixa renda.

 

Além da Poderosa, entre os nomes que encontramos como beneficiários do auxílio emergencial estão os famosos youtubers Whindersson Nunes, Felipe Neto e Júlio Cocielo, além das cantoras Mc Rebecca, as ex-Rouge Karin Hils e Li Martins e a Pepê, dupla de Neném. Também encontramos nomes de ex-BBBs, entre eles, a campeã da 18ª edição do reality, Gleici Damasceno, o Rafinha, campeão do ‘BBB8’, Mari Gonzalez, Petrix Barbosa, Rízia Cerqueira, os gêmeos Antônio e Manoel Rafaski, Amanda Djehdian, Lia Khey, Gyselle Soares e Ayrton Lima, pai da também ex-BBB Ana Clara Lima. O ator Kadu Moliterno e sua mulher Cristianne Moliterno e o ex-‘Pânico’ Evandro Santo também constam como beneficiários.

Dito isso, a coluna se questiona a eficácia da avaliação do Dataprev, o responsável por disponibilizar o benefício aos inscritos. Como que os CPFs de pessoas tão ricas como Anitta, Whindersson e Felipe Neto, por exemplo, são usados por fraudadores que conseguem aprovação tão facilmente? Por outro lado, milhares de pessoas desempregadas por conta da pandemia não conseguem aprovação do auxílio emergencial simplesmente pelo fato de ter declarado uma renda considerada relativamente acima da média no ano anterior. Qual a lógica? Seria a pessoa mesmo desempregada conseguir sobreviver o ano inteiro com o valor da restituição do imposto de renda? Isso sem contar outros critérios utilizados como empecilhos que acabam atrapalhando a aprovação do benefício para quem realmente precisa.

Confira abaixo quem levou golpe e quem pediu o auxílio emergencial:

Anitta: parcelas de R$ 600 – Golpe

A cantora descobriu que seu nome constava na listagem através da coluna. Procurada, a assessoria emitiu a seguinte nota: “Uma solicitação na ouvidoria da Caixa Econômica Federal já foi realizada para cancelar o cadastro, feito de forma fraudulenta em nome da cantora, porém utilizando uma conta bancária do fraudador. Anitta repudia qualquer tipo de fraude e deseja que os órgãos competentes descubram e punam quem esteja por trás desses atos criminosos”.

 

Felipe Neto: parcelas de R$ 600 – Golpe

O youtuber foi pego de surpresa. A assessoria do influenciador emitiu a seguinte nota: “Por óbvio, o pedido de inclusão de tal benefício não foi feito pelo próprio ou por qualquer pessoa por ele autorizada, mas sim por um terceiro. Ainda não há conhecimento se a intenção era realizar algum tipo de fraude ou apenas mais uma tentativa de jogá-lo contra a opinião pública. Porém, uma vez ciente do ocorrido, a equipe jurídica de Felipe Neto adotará todas as medidas necessárias e cabíveis para cancelar o cadastro e, caso tenha havido algum repasse, devolver imediatamente a quantia. Além disso, os advogados providenciarão, junto ao administrador do sistema, a identificação do responsável para que o mesmo responda judicialmente”.

 

Whindersson Nunes: parcelas de R$ 600 – Golpe

O influenciador foi outro que só se deu conta depois do contato da coluna. A assessoria emitiu a seguinte nota: “Recentemente os dados pessoais do Whindersson foram vazados nas redes sociais. Sendo assim, qualquer um pode utilizar seus dados para cometer fraudes. Se o dinheiro cair na conta de Whindersson, ele será devolvido. Se não for possível devolver, ele vai doar para alguém que precise”.

Mc Rebecca: parcelas de R$ 1,2 mil – Sem resposta

A assessoria da cantora foi procurada, mas não respondeu até o fechamento desta matéria.

 

 

 

Facebook Comments