Data de Hoje
20 June 2021

Pastor é morto a tiros dentro de carro em Riachão do Jacuípe

RTEmagicC_pastor-riachao-x1.jpg Um pastor evangélico de 41 anos foi assassinado na manhã desta quinta-feira (20) na cidade de Riachão do Jacuípe, no Nordeste da Bahia. O crime aconteceu por volta das 8h30, na frente da casa de um dos filhos da vítima, identificada pela polícia como Gilberto Gomes Evangelista de Almeida.

Ele esperava pelo filho, um rapaz de 18 anos, que iria acompanhá-lo até uma oficina.

“Ele [o pastor] estava esperando dentro do carro quando dois homens em uma moto apareceram e efetuaram os disparos”, informou o titular da delegacia da cidade, Sérgio Araújo Vasconcelos.

“Foram mais de 15 tiros na cabeça e no tórax”, revelou Gilberto, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

A principal suspeita é de que o pastor, que trabalhava como representante comercial, tenha sido executado. “Estamos trabalhando na linha de vingança, porque os suspeitos não roubaram nada da vítima”, esclareceu o delegado.

Gilberto era casado e morava em Riachão do Jacuípe há mais de 10 anos. Natural de Petrolina, em Pernambuco, o pastor tinha sido preso anteriormente pelo crime de latrocínio – roubo seguido de morte. “Ano passado, ele foi preso aqui na cidade por policiais militares de Pernambuco, e ficou um tempo lá antes de ser liberado”, revelou Sérgio Vasconcelos.

O crime pelo qual a vítima respondia teria acontecido antes dele se mudar para a Bahia. Após ser liberado pela polícia pernambucana, Gilberto retornou a Riachão do Jacuípe. O delegado não soube explicar os motivos do pastor ter ganhado liberdade.

Os dois suspeitos de atirarem contra Gilberto ainda não foram identificados pela polícia. “Eles usavam capacete, o que dificulta a investigação”, disse o delegado Vasconcelos. O corpo do pastor foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Feira de Santana, e não há data definida para o sepultamento dele.

Por: Eduardo Bittencourt e Louise Lobato

Facebook Comments