Data de Hoje
28 July 2021
Foto reprodução

Pastor que está foragido liderava violenta quadrilha armada que assaltava igrejas

Um pastor de Cubatão (SP) foi apontado como chefe de uma quadrilha que assaltava igrejas e templos em cidades do litoral e interior de São Paulo. A Polícia Civil descobriu que ele entrava nas igrejas, pedia uma benção ao religioso que atuava no local e obtia informações sobre o dízimo e objetos valiosos. Depois, a quadrilha invadia o local e roubava os fiéis e o dinheiro da igreja.

As investigações começaram em abril, quando a quadrilha assaltou uma igreja em Cubatão. O pastor e outros integrantes da quadrilha estão foragidos.

A equipe liderada pelo delegado Antonio Messias descobriu que o grupo era liderado por Givanildo Borges, pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus na Vila dos Pescadores, em Cubatão.

A quadrilha efetuou roubos em outras cidades do estado. Segundo o UOL. foram seis crimes em templos evangélicos, sendo um na Igreja Mundial do Poder de Deus, da qual o pastor Givanildo fazia parte, e outros cinco na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), nas cidades de Peruíbe, São Roque, Cubatão, Guarujá e Mongaguá. O grupo também efetuou um roubo a uma empresa de produtos eletrônicos em Santos e a uma residência em Bertioga.

A polícia não localizou o pastor Givanildo no quarto utilizado por ele na Igreja Mundial, em Cubatão. No entanto, encontraram cinco notebooks que foram roubados da empresa de eletrônicos, em Santos.

A quadrilha é formada por Felipe Marcolino dos Santos, conhecido como “Vovô”, Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o “Chuchu”, e Guilherme Augusto da Silva Júnior, o “Didi”, além do pastor. Didi foi preso em Mongaguá e os outros integrantes da quadrilha continuam soltos, mas com pedido de prisão expedido. Fonte : Notícias ao Minuto

Facebook Comments