Data de Hoje
16 May 2021

PCdoB deu prazo até quinta para Álvaro Gomes rever exoneração de Gavião do Sinebahia

 

O seio do PCdoB na Bahia está tenso. Na última semana, sem consulta prévia ao núcleo duro do partido, o secretário de Trabalho, Emprego e Renda (Setre), Álvaro Gomes, exonerou o coordenador do Sinebahia, Marcelo Gavião, e acendeu o pavio que pode implodir a permanência do ex-deputado na pasta. O momento é delicado e os comunistas deram o prazo até esta quinta-feira (4) para que Gomes reveja o posicionamento. Gavião é do grupo ligado ao presidente estadual da legenda, Daniel Almeida, e a exoneração não foi bem recebida pelo deputado federal e outros parlamentares da sigla – além dele, o coordenador de esporte da Setre, Dorival Santana, também saiu da função numa decisão monocrática do secretário. A briga entre Gomes e Gavião, de acordo com comunistas, é resquício das eleições de 2014, quando o ex-coordenador do Sinebahia apoiou outro candidato a deputado estadual em Simões Filho, até então reduto eleitoral do ex-deputado estadual. Nos bastidores, Gomes estaria refutando a hipótese de voltar atrás das exonerações sob o argumento de que detém a caneta. No entanto, como o cargo de secretário é de indicação do PCdoB, o titular da Setre pode perder a vaga no primeiro escalão caso insista na postura. Na quinta, a direção ampliada do PCdoB define qual posicionamento tomar sobre a questão. Procurados, parlamentares da legenda preferiram não comentar sobre o assunto.

FonteBN

Facebook Comments