Data de Hoje
23 September 2021
Foto: Vagner Souza / Bocão News

PF volta a cumprir mandados da Operação Acarajé em Salvador

Além de uma prisão, outros dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelos policiais na manhã de hoje.

A Polícia Federal voltou a cumprir em Salvador, na manhã desta sexta-feira (11), mandados como parte da 23ª fase da Lava Jato, a Operação Acarajé, deflagrada em fevereiro. Na ocasião, o publicitário baiano João Santana e a esposa, Mônica Moura, responsáveis por várias campanhas presidenciais do PT, foram presos.

O principal alvo da operação era o publicitário baiano João Santana, mas, de acordo com a PF, as investigações trouxeram novas informações à tona, fazendo com que uma assistente administrativa da Odebrecht fosse presa. Ela foi detida na manhã de hoje em sua casa no bairro de Pernambués e levada para a sede Regional da Polícia Federal, em Salvador.

João Santana foi preso junto com a mulher na Operação Acarajé (Foto: AFP)
João Santana foi preso junto com a mulher na Operação Acarajé (Foto: AFP)

Além da prisão, outros dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelos policiais na manhã de hoje. Um deles foi na casa da funcionária presa. Ainda não há informações sobre a transferência da mulher para Curitiba.

A Polícia Federal afirmou em nota que a fase da operação foi denominada “Acarajé” porque este era o termo usado por alguns dos investigados ao se referir a dinheiro em espécie. Na época, o Coletivo de Entidades Negras (CEN) divulgou uma nota repudiando o uso do nome “acarajé” para batizar a fase da operação.

Por Correio
Facebook Comments