Data de Hoje
22 June 2024
Foto: Reprodução

PGR avalia abrir novo inquérito contra Eduardo Cunha

Após empresários da Carioca Engenharia afirmarem, em depoimento de delação premiada, que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), tem outras contas secretas no exterior, a Procuradoria-Geral da União (PGR) avalia abrir novo inquérito contra o parlamentar. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, os procuradores encontraram um elo entre o esquema para a liberação de verbas do fundo de investimentos do FGTS para as obras do Porto Maravilha, no Rio – cuja concessão foi assumida pela Carioca, em consórcio com a Odebrecht e OAS – e os recursos que seriam desviados de um contrato da Petrobras para um campo de exploração na África, que teria Cunha como beneficiário.  De acordo com Folha, a ligação seria a conta de Esteban Garcia, no Merrill Lynch Bank, nos Estados Unidos. Cunha nega a relação com o esquema. Os delatores informaram ao menos cinco novas contas relacionadas ao peemedebista, além das quatro localizadas na Suíça.

Por Bahia Notícias