Data de Hoje
9 May 2021
Foto: Divulgação

Plano Inclinado Gonçalves deixa de funcionar a partir deste sábado (16) para reforma

Equipamento vai passar por reforma geral, com obras e troca de maquinário; o serviço tem previsão de ser concluído em três meses.

O Plano Inclinado Gonçalves deixa de funcionar a partir deste sábado (16) para reforma geral, com obras e troca de maquinário. O serviço licitado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade (Semob), tem conclusão prevista em três meses, custando R$ 1,3 milhão e sendo realizado pela empresa ÓTIS, vencedora do certame. A opção para quem utiliza o ascensor é o Elevador Lacerda.

O equipamento, que liga a Praça da Sé ao bairro do Comércio, terá seus dois motores, que foram fabricados em 1929, substituídos por outros modernos. Também serão trocados o quadro de máquinas, o quadro de comando e os painéis de operação do controle.

Toda a fiação elétrica será substituída por cabos de potência, além dos geradores, com troca da instalação elétrica e modernização dos bondes. Haverá ainda a instalação do sistema de luz de emergência e do sistema de intercomunicação entre os bondes e com a casa de máquinas. 

Com a reforma, o equipamento passa a contar com um sistema de segurança abaixo dos bondes e freios de segurança nos chassis, com instalação de delimitador de velocidade, que ativará o freio em caso de excesso de velocidade.

Um sistema anti-capotagem e outro para alinhar as cabines em movimento também estão previstos, além de serviços de acessibilidade, como revestimentos, comunicação visual adaptada e piso tátil.

De acordo com o secretário da Semob, Fábio Mota, esse equipamento é de extrema importância para a mobilidade da cidade. “Este equipamento tem um valor histórico muito grande para Salvador. Com a reforma, vamos resolver de vez os problemas do Gonçalves”, enfatizou.

O Plano, atualmente, tem capacidade para atender até dez mil pessoas por dia, opera de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Por Correio
Facebook Comments