Data de Hoje
4 December 2021

PMDB deve romper com o governo em outubro, afirma Lúcio

 

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia publicada na edição de ontem, o secretário estadual de Turismo e deputado federal licenciado pelo PT, Nelson Pelegrino, recusou qualquer possibilidade de se candidatar prefeito de Salvador e comentou sobre o cenário político atual na Bahia e no Brasil. Aproveitou a ocasião, ainda, para tecer elogios ao governador Rui Costa, mas também à gestão do prefeito ACM Neto, e alfinetou o PMDB quando questionado se o país não teria se tornado refém dele, que tem a presidência do Senado e da Câmara de Deputados.Sobre as declarações do secretário, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, quadro antigo do PMDB e forte opositor ao governo Dilma, contracenando junto com seu irmão Geddel a pressão em cima dos peemedebistas para romper com o governo, afirma que divisão todo o partido tem, mas nenhum chega a ser tão visível como o PT. E acrescentou, ainda, que até outubro deve se ter a decisão pelo rompimento com a presidente Dilma. “A única coisa que tem uma divisão do PMDB, éde permanecer ou não no governo, mas isso em outubro será encerrado e acredito no rompimento. A maioria quer sair do governo. Agora, divisão todos os partidos têm. Mas olha o PT, tem quatro ou cinco correntes”, rebateu

bca058f3ff43e7e85ea0e19a0528ff64

 

Facebook Comments